terça-feira, 6 de janeiro de 2009

'... vamos ao Mundo dos SONHOS!'

Sábado, 27 de Dezembro de 2008, hora de partir dos nossos lares, hora de despedir da nossa família… Partiríamos para uma missão, missão essa que passaria por dar o que de melhor tínhamos, AMOR!

Um grupo de 8 alunos da ESP iria representar a missão servir em mais um acto de voluntariado, no centro João Paulo II, pela segunda vez. Tirámos uma semana das nossas férias para estarmos com alguns doentes profundos. Foi uma semana inolvidável, sem palavras...tentamos acolher todas aquelas pessoas como se somente elas existissem. Uma simples conversa, o simples pegar das suas mãos suaves…

Apesar de muitos deles nunca terem celebrado a data, passámos junto de alguns doentes a passagem de ano. Começámos assim o ano 2009 com a palavra DAR!

Deixámos tudo para trás, vivemos grandes momentos de partilha, recheados de amor, amizade, mas mais do que isso, recebemos de todos eles enormes sorrisos da grande alegria que sentiam por estarmos ali…

Quando dei por mim já era a última noite que iria passar no centro…caí em mim e senti a saudade por ter de deixar aqueles “pedacinhos de deus”. Todos aqueles dias tornaram-se muito, muito pouco! Saí com a vontade de querer dar ainda mais… porque vale mesma a pena!!!

Todos os momentos que passei junto dos meus colegas e dos doentes ficarão sempre na minha memória como uma recordação daquilo que de melhor poderia ter feito no meu percurso de vida. OBRIGADO a quem me deu a esta oportunidade!

Hoje eu posso dizer que foi uma das melhores experiências da minha vida pois senti que o trabalho de voluntária que realizei no centro, estar junto deles, faz sentido! Sinto-me bastante FELIZ por tê-los conhecido e espero que todos estes momentos se voltem a repetir… A cada dia que passa, a SAUDADE aperta cada vez mais nos nossos corações…

A lágrima fica no canto de olho com as recordações que guardamos destes dias importantes que foram para nós… é tudo isto que preenche o nosso coração… hoje percebo o que todos os outros sentiam ao terem feito voluntariado naquele centro…



“Feliz é aquele que transforma as suas horas vazias em sonhos”


Por: Liliana Nunes